quinta-feira, 4 de maio de 2017


Resultado de imagem para Listening to Your Life: Daily Meditations with Frederick Buechner


“We do our twenty minutes of meditation a day in the hope that,

properly stilled,

our minds will stop

just reflecting back to us the confusion and multiplicity of our world

but will turn to a silvery mist

like Alice’s looking glass

that we can step through

into a world where the beauty that sleeps in us will come awake at last.

We send scientific expeditions to Loch Ness 


because if the dark and monstrous side of fairy tales can be proved to exist,

who can be sure that the blessed side doesn’t exist, too?

I suspect that the whole obsession of our time with the monstrous in general

—with the occult and the demonic,

with exorcism and black magic

and the great white shark

—is at its heart only the shadow side of our longing for the beatific,

and we are like the knight in Ingmar Bergman’s film The Seventh Seal,

who tells the young witch about to be burned at the stake

that he wants to meet the devil her master, and when she asks him why,

he says, “I want to ask him about God. He, if anyone, must know.”



Resultado de imagem para Listening to Your Life: Daily Meditations with Frederick Buechner



"Nós fazemos nossos vinte minutos de meditação por dia na esperança de que,

adequadamente acalmados,

nossas mentes vão parar

apenas refletindo de volta para nós a confusão e multiplicidade de nosso mundo

mas se transformará em uma névoa prateada

como o espelho de Alice

que podemos atravessar

em um mundo onde a beleza que dorme em nós virá acordado finalmente.

Nós enviamos expedições científicas ao Loch Ness porque se o lado escuro e 

monstruoso dos contos de fadas puder ser provado existir,

Quem pode ter certeza de que o lado abençoado também não existe?

Eu suspeito que toda a obsessão do nosso tempo com o monstruoso em geral

- com o oculto e o demoníaco,

Com exorcismo e magia negra

E o grande tubarão branco

- está em seu coração apenas o lado sombrio de nosso anseio pelo beatífico,

E somos como o cavaleiro no filme de Ingmar Bergman, O Sétimo Selo,

Que diz à jovem bruxa prestes a ser queimada na fogueira

Que ele quer encontrar o diabo seu mestre, e quando ela lhe pergunta por que,

Ele diz: "Quero perguntar a Deus sobre Deus. Ele, se alguém, deve saber.


Frederick Buechner 
Listening to Your Life: Daily Meditations with Frederick Buechne





tradução by: https://translate.google.com.br

texto recebido de Mikaela Övén via GMail


A imagem pode conter: texto